Golpe de Aríete: como eliminar esse problema

golpe de aríete

Você já tentou trancar o fluxo de água de uma mangueira com o dedo? E o de um cano que acabou de estourar? Difícil, não é? Agora, imagine a força necessária para barrar e controlar o fluxo de água de canos no interior de uma casa ou, então, de um prédio de mais de dez andares. Quanto mais alto o edifício, maior a pressão dentro dos encanamentos.

Para que a água seja distribuída corretamente aos chuveiros, descargas e torneiras, é necessária uma série de equipamentos como registros, bombas e válvulas. A manutenção deve ser feita regularmente e, ainda assim, acidentes podem ser frequentes – uma variação de pressão muito elevada pode romper a tubulação e danificar os flexíveis, causando vazamentos e desperdício de água e prejuízos diversos em unidades e elevadores.

O problema mais comum em sistemas hidráulicos de prédios ocorre justamente devido à alta variação de pressão, o chamado Golpe de Aríete. Também é conhecido na literatura em inglês e na internet pelo nome de “water hammer”; traduzido para o português, “martelo de água”.
Você pode nunca ter ouvido falar esses nomes, mas, caso o seu prédio tenha ficado sem água por conta de um problema interno, é provável que essa tenha sido a causa. Apesar do nome difícil, a explicação do Golpe de Aríete é bem simples:

O que é Golpe de Aríete

golpe de aríete

Pode parecer que o volume de água é o principal responsável pelo aumento da pressão nos encanamentos, mas, na verdade, é a altura do cano. Por isso, a pressão da água é medida em “metros de coluna d’água ou “m.c.a”. Como a distribuição de água em edifícios geralmente ocorre a partir de um reservatório superior (caixa d’água), a pressão dos canos nos andares inferiores é muito grande.

De acordo a legislação brasileira e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a pressão máxima em qualquer ponto do sistema hidráulico de um edifício não pode ultrapassar 40 m.c.a (metros coluna d’água). Por isso, a diferença entre a altura do reservatório superior (caixa d´água) e o ponto mais baixo da distribuição (subsolo do prédio) não pode ser maior que 40 metros. Se o edifício for muito alto, a pressão pode ultrapassar o limite estabelecido.

A pressão no ponto B é maior que em A

Para cumprir esta norma, evitar o Golpe de Aríete e outros problemas, prédios com mais de 40 metros de altura utilizam equipamentos como válvulas redutoras de pressão, válvulas de retenção e juntas de expansão.

Em instalações hidráulicas de grande porte, como as de edifícios de mais de dez andares, as consequências do Golpe de Aríete podem ser catastróficas – se for muito forte, além de estourar a tubulação, o surto de pressão pode causar fissuras em vigas e na estrutura do edifício.

Quando não causa danos imediatos, no entanto, o Golpe de Aríete também traz problemas a médio ou longo prazo. O impacto faz com que o material dos encanamentos seja desgastado aos poucos, enfraquecendo vedações, vazamentos, causando ruptura de canos e conexões, ou danos a outros componentes, principalmente nos equipamentos eletrônicos, como medidores e sensores. Confira mais detalhes sobre os equipamentos que controlam a pressão no interior dos sistemas hidráulicos:

Válvulas redutoras de pressão

A válvula redutora de pressão é um equipamento hidráulico para reduzir as pressões nas tubulações acima de 10 pavimentos, e também para residências que possuam uma pressão acima das normas da ABNT (40 mca). Elas reduzem a pressão na entrada do sistema hidráulico, quando elevada ou variável, para pressão de saída menor e constante, independente da variação das vazões.

As válvulas redutoras de pressão podem ser instaladas no subsolo ou em outros pontos do sistema:

 

As Válvulas Redutoras de Pressão da VRP Premium são as únicas que não apresentam os inconvenientes e antiquados sistemas de molas ou parafusos de regulagem, uma vez que contam com mecanismo automático e funcionam de acordo com o princípio servo-motor, com pistão.

Válvulas de retenção

Existem diversos tipos de válvulas de retenção, com diferentes opções de pressão de abertura. O tamanho e os modelos variam conforme o tamanho e o tipo de mola utilizada. Elas geralmente são instaladas em partes do sistema onde há variação de pressão: no início das tubulações de recalque, entre a saída das bombas e antes de registros.

A Válvula de Retenção da VRP Premium é um produto diferenciado do mercado porque não possui molas e parafusos. Além disso, seu princípio de funcionamento é servo motor, com pistão.

Juntas de expansão

As juntas de expansão servem como isoladoras de vibração e como compensadoras de desalinhamentos entre dutos e encanamentos. Elas absorvem vibrações em tubulações, movimentos axiais, laterais, angulares e trabalham em condições variadas de pressão e temperatura. São reforçadas internamente com tecidos de material sintético e anéis metálicos que garantem elevada resistência mecânica para operar sob pressão interna ou vácuo.

Constituídas de um corpo de elastômero e terminais de aço carbono, as Juntas de Expansão  da VRP Premium representam a solução ideal na absorção de movimentos térmicos e ou mecânicos com reduzidos esforços transmitidos. Além disso, têm alto grau de absorção de vibrações mecânicas e sonoras, peso reduzido e dispensam juntas de vedação.

Manutenção

Para garantir o funcionamento correto dessas peças, deve ser feita uma manutenção uma vez a cada seis meses. Caso a revisão não esteja em dia, o tempo de vida útil pode ser reduzir, por exemplo, a um terço do estimado. Para isso, é fundamental contar com a ajuda de um profissional especializado na área. (Todos os produtos da VRP Premium contam com serviço de Assistência Técnica e manutenção executadas pela própria empresa).

Viu só? É preciso muita atenção e cuidado para garantir o funcionamento correto do sistema hidráulico de casas e apartamentos – principalmente os com mais de dez andares. Se o seu prédio fica sem água toda hora por problemas internos e a conta do condomínio tem saída mais cara que o previsto – sem que isso seja resolvido – está na hora de procurar peças e um serviço de manutenção especializado. Conheça as peças da VRP Premium e entre em contato conosco!